Atualizado 18/12/2018

Direitos humanos devem estar "no centro das políticas"

O papa Francisco fez hoje um apelo a todos os que têm responsabilidades institucionais para que "coloquem os direitos humanos no centro das políticas" num momento em que estes são continuamente "ignorados e violados".

A mensagem do papa surge a propósito do 70.º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que se celebra hoje.

 

"Nesta ocasião, gostaria de fazer um forte apelo a todos os que têm responsabilidades institucionais, para que coloquem os direitos humanos no centro de todas as políticas, incluindo os de cooperação para o desenvolvimento, mesmo que isso signifique ir contra a corrente", escreveu o papa numa mensagem enviada à conferência internacional sobre o tema organizada pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.

 

Jorge Bergoglio apontou as "numerosas contradições" que são observadas todos os dias e que levam à questão da existência de "igual dignidade para todos os seres humanos", proclamada há 70 anos.

 

Segundo o papa há "numerosas formas de injustiça nutridas por visões antropológicas limitadas por um modelo económico baseado no lucro, que não hesita em explorar, descartar ou matar um homem".

 

Francisco criticou o facto de "uma parte da Humanidade viver na opulência, enquanto a outra parte vê negada a sua dignidade" com a violação constantes dos seus direitos fundamentais.

 

A este respeito, Francisco fez referência às crianças "a quem é negado o direito de nascer" e ainda a todas aquelas "que não têm acesso à educação" ou que "são forçadas a trabalhar em situações desumanas".

 

O papa lembrou aqueles que vivem "atos de intolerância, discriminação e violência pela sua nacionalidade ou pela sua pertença racial, étnica ou religiosa.

 

Perante esta violação, acrescentou o papa, todos são chamados a lutar contra esta violações, contribuindo com coragem e determinação, de acordo com cada papel, para reforçar os direitos humanos.

Fonte: Noticias ao minuto
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções