Atualizado 26/03/2019

Caçador possui 72% do território coberto por florestas

Segundo estudo, a cidade foi a primeira a participar do projeto do Serviço Florestal Brasileiro

Cerca de 72% do território de Caçador é coberto por florestas, segundo dados inéditos do Inventário Florestal Nacional (IFN), apresentado nessa quinta-feira, 14, na Epagri. A cidade foi a primeira do País a participar deste levantamento realizado pelo Serviço Florestal Brasileiro.

 

De acordo com o diretor de pesquisa e informações florestais Joberto Freitas, foram registrados no município 41.340 hectares de florestas naturais e 29.691 hectares de plantadas. Ao todo, 242 espécies de plantas foram identificadas nesse trabalho.

 

Para conhecer não só a quantidade dos recursos florestais como também a conservação e a biodiversidade das florestas, o levantamento coletou dados em 46 pontos distribuídos sistematicamente em todo o município.

 

Também foram entrevistados 92 moradores rurais, mensuradas 8.238 árvores e palmeiras e coletadas 1.274 amostras botânicas de espécies arbóreas, arbustivas, herbáceas e palmeiras, entre outros dados.

 

Sobre o IFN

 

O Inventário Florestal Nacional (IFN) é uma iniciativa coordenada pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB). Em todo o país, equipes vão a campo medir as árvores, analisar sua saúde e vitalidade, coletar amostras do solo e de material botânico, entre outros aspectos. Além disso, são realizadas entrevistas com moradores que vivem no entorno das áreas amostrais para conhecer a percepção da comunidade sobre os recursos florestais e seu uso.

 

O Inventário Florestal Nacional foi realizado em Caçador pelo Serviço Florestal Brasileiro em parceria com o Herbário Dr. Roberto Miguel Klein, da Universidade Regional de Blumenau (Furb). A coleta de dados foi realizada com recursos do projeto Global Environment Facility (GEF), administrado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

 

Bosque modelo

 

Bosques ou Florestas Modelo são processos voluntários de gestão participativa de um território ou paisagem onde a floresta desempenha um papel estratégico. O objetivo é encontrar meios de melhorar a qualidade de vida das pessoas e aumentar a produção agrícola e florestal e, ao mesmo tempo, garantir a conservação ambiental.

Fonte: Vvale.com
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções